Back to Brincos

Brinco Pérola Mabe Redondo com Arabescos, Prata 925

R$145,00

As pérolas mabe, por sua vez são produzidas na concha ao invés de na membrana da ostra. Pega-se uma semente na forma de um pequeno Buddha, por exemplo, e este é cimentado na parte interna da concha. Na verdade colocam-se vários deles em uma mesma concha, a ostra apenas os recobre com nácar. Após 6 meses a concha é colhida e os Buddhas recortados. Os chineses vem usando este processo desde o século XI. Já as pérolas blister ou bolha, são diferentes. Durante o processo normal de formação a semente pode se deslocar do manto depois que ela já está praticamente formada. Algumas podem cair fora da concha e se perderem para sempre, já outras, até mesmo pelo peso, acabam deslizando para baixo do manto.
Mabes ou pérolas cultivadas compostas
A produção de mabe, terminologia japonesa, é basicamente um processo mecânico similar ao da blister. Mabe é, na verdade, uma pérola blister cultivada sólida. Consiste da separação do manto da ostra, para depois fixar à concha externa um núcleo com formato determinado (semi-esférico, coração, Buddha, oval etc). Cada ostra pode receber até seis núcleos, três em cada valva. Depois a ostra é recolocada nos cestos de cultivo e volta ao mar, onde o manto, gradualmente, retorna sua posição normal para secretar material perlífero, como proteção contra estes corpos estranhos. Após um ano, quando a principal colheita termina, a segunda parte do processo de composição da mabe inicia-se de novo.

Fonte: http://www2.uol.com.br/modabrasil/forcas_moda/perolas/link03.htm

 

1 em estoque

REF: br100367 Categorias , Tags: , , ,

Descrição

Brinco Pérola Mabe Redondo com Arabescos e Filigrana, Prata 925

Metal: Prata 925                Pedra: Pérola Cultivada

Código: br100367

Dimensões aproximadas:

Altura: 39.3 mm

Largura: 24.3mm

Peso Médio do Par: 9.1 gramas o par

Você também pode gostar de…

Anel Pérola Mabe Redonda com Detalhes, Prata 925
Anel Pérola Mabe Redonda com Detalhes, Prata 925
Anel Pérola Mabe Redonda com Detalhes, Prata 925
R$335,00 Comprar
Anel Pérola Mabe Redondo, Prata 925 – Bali
Anel Pérola Mabe Redondo, Prata 925 – Bali
Anel Pérola Mabe Cultivada Redondo Estrela, Prata 925 - Bali As pérolas mabe, por sua vez são produzidas na concha ao invés de na membrana da ostra. Pega-se uma semente na forma de um pequeno Buddha, por exemplo, e este é cimentado na parte interna da concha. Na verdade colocam-se vários deles em uma mesma concha, a ostra apenas os recobre com nácar. Após 6 meses a concha é colhida e os Buddhas recortados. Os chineses vem usando este processo desde o século XI. Já as pérolas blister ou bolha, são diferentes. Durante o processo normal de formação a semente pode se deslocar do manto depois que ela já está praticamente formada. Algumas podem cair fora da concha e se perderem para sempre, já outras, até mesmo pelo peso, acabam deslizando para baixo do manto. Mabes ou pérolas cultivadas compostas A produção de mabe, terminologia japonesa, é basicamente um processo mecânico similar ao da blister. Mabe é, na verdade, uma pérola blister cultivada sólida. Consiste da separação do manto da ostra, para depois fixar à concha externa um núcleo com formato determinado (semi-esférico, coração, Buddha, oval etc). Cada ostra pode receber até seis núcleos, três em cada valva. Depois a ostra é recolocada nos cestos de cultivo e volta ao mar, onde o manto, gradualmente, retorna sua posição normal para secretar material perlífero, como proteção contra estes corpos estranhos. Após um ano, quando a principal colheita termina, a segunda parte do processo de composição da mabe inicia-se de novo. Fonte: http://www2.uol.com.br/modabrasil/forcas_moda/perolas/link03.htm  
R$63,00 Comprar
Pulseira Pérola Mabe Articulada, Prata 925 – Bali
Pulseira Pérola Mabe Articulada, Prata 925 – Bali
Pulseira Bracelete Pérola Mabe articulada e ajustável, confeccionada em Prata 925 de Bali. Uma joia linda e delicada para presentear, compôr um look clássico, com muito estilo elegância. As pérolas mabe, por sua vez são produzidas na concha ao invés de na membrana da ostra. Pega-se uma semente na forma de um pequeno Buddha, por exemplo, e este é cimentado na parte interna da concha. Na verdade colocam-se vários deles em uma mesma concha, a ostra apenas os recobre com nácar. Após 6 meses a concha é colhida e os Buddhas recortados. Os chineses vem usando este processo desde o século XI. Já as pérolas blister ou bolha, são diferentes. Durante o processo normal de formação a semente pode se deslocar do manto depois que ela já está praticamente formada. Algumas podem cair fora da concha e se perderem para sempre, já outras, até mesmo pelo peso, acabam deslizando para baixo do manto. Mabes ou pérolas cultivadas compostas A produção de mabe, terminologia japonesa, é basicamente um processo mecânico similar ao da blister. Mabe é, na verdade, uma pérola blister cultivada sólida. Consiste da separação do manto da ostra, para depois fixar à concha externa um núcleo com formato determinado (semi-esférico, coração, Buddha, oval etc). Cada ostra pode receber até seis núcleos, três em cada valva. Depois a ostra é recolocada nos cestos de cultivo e volta ao mar, onde o manto, gradualmente, retorna sua posição normal para secretar material perlífero, como proteção contra estes corpos estranhos. Após um ano, quando a principal colheita termina, a segunda parte do processo de composição da mabe inicia-se de novo. Fonte: http://www2.uol.com.br/modabrasil/forcas_moda/perolas/link03.htm      
R$210,00 Comprar