Lapidação

Lapidar significa talhar e polir as facetas das pedras preciosas. Existem várias formas de lapidação e cada uma delas possui técnicas muito específicas para alcançar o corte que se deseja e ressaltar ao máximo suas propriedades de transparência, cor, brilho, lustro, dispersão, etc., destacando sua beleza. Cada corte específico é capaz de receber e refletir a luz da melhor forma possível.

É devido a lapidação que as pedras preciosas ficam tão brilhantes e bonitas.

A complexidade da lapidação para cada tipo de pedra preciosa é o que vai definir maior raridade e o seu valor. Este  processo deve feito profissional habilidoso, pois a gema mal lapidada pode perder completamente o seu valor.

Para cada tipo de lapidação existe formas e contornos diversos:

*Lapidações facetadas, com facetas planas na maioria dos casos, geralmente utilizadas para pedras transparentes, subdividido nos seguintes grupos:

  • Lapidações simples
  • Lapidação brilhante
  • Lapidações derivados do brilhante
  • Lapidações em degraus (step cut)
  • Lapidações em tesoura ou cruzadas
  • Lapidações mistas
  • Outras lapidações facetadas
  • Lapidações com facetas côncavas

Gemstone Cutting and Polishing | Chesapeake, VA

*Cabochões, com superfícies curvas, usados habitualmente em pedras foscas, translúcidas ou para ressaltar efeitos ópticos especiais (olho de gato, asterisco, etc), subdividido em:

  • Cabochão simples. Uma cara é convexa e a outra plana.
  • Cabochão duplo. Ambas caras curvadas, convexas.
  • Cabochão oco ou afundado. Uma cara côncava e a outra convexa.

Why are Some Gems Cut as Cabochons?

 

Ref.: https://www.ige.org/archivos/estudios/curso-gemologia-portugues.pdf